Notícias

NOVEMBRO AZUL – O papel das organizações na campanha. Sua empresa participa desta ação? Incentiva os colaboradores? Mulheres também têm um papel importante na campanha.

O dia 17 de Novembro é considerado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata e para aproveitar a data, em novembro de 2003 na Austrália começou o movimento Novembro Azul com o intuito de informar e conscientizar os homens sobre a importância do combate e prevenção do câncer de próstata e outras doenças masculinas como o câncer nos testículos.

Assim como o Outubro Rosa que incentiva o combate ao câncer de mama, o Novembro Azul é um momento importante para que a sociedade perceba a importância da saúde do homem. As organizações como parte ativa da população possuem um papel importante, pois devem aproveitar o seu poder de comunicação e abrangência para divulgar o movimento.

É importante que as organizações estejam inteiradas ao assunto e convide todos os seus colaboradores a entenderem os intuitos do movimento. Palestras com profissionais da saúde, cartilhas e informativos em geral são bons exemplos de ações que as empresas podem aderir.

Vale lembrar que quanto mais colaboradores impactados melhor, os homens para o seu próprio benefício e as mulheres que servirão como disseminadoras de informação para pais, irmãos, namorados, maridos e outros.

NOVEMBER, a campanha de combate e prevenção do câncer de próstata

O movimento também é conhecido como Movember palavra originada da junção de MOustache (bigode em inglês) e NOVEMBER(novembro em inglês). Hoje a ilustração do bigode é presença frequente nas campanhas para mostrar o foco nos homens que a campanha possui.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) afirma que o câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens e o sexto mais comum em todo o mundo. Além disso, o instituto estima que o ano de 2014 feche com cerca de 60.180 casos da doença. Indica-se que por volta dos 45 anos os homens comecem a fazer exames preventivos e caso exista casos na família um médico deve ser avisado.

Participe você também do movimento! Espalhe o seu conhecimento sobre o Novembro Azul e faça a sua parte.

 

FONTE: Catho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *